PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Homem corre o risco de ter perna amputada por conta de erros médicos na UPA de Açailândia

Moradora denuncia erro médico na UPA de Açailândia, segundo esta pessoa, em seu perfil no Facebook, a Técnica de Enfermagem Ana Paula Pereira, relata o caso que revolta todos os açailandenses.  

Relato da enteada da vitima
Na ultima segunda-feira (18/03) meu padastro foi até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Açailândia pela manhã porque estava com a garganta inflamada. Chegando lá foi atendido, medicado, algumas horas depois liberado. Até aí tudo bem! 

Só que chegando a noite começou a sentir dor no local que foi aplicado a injeção (no glúteo), na terça-feira (19) não aguentando de tanta dor, e com a pressão muito baixa passando mal foi levado a UPA novamente. 

Devido a injeção que ele tomou na segunda feira para a dor na garganta, a perna e o glúteo dele ficaram muito inchado, e ele gritava de dor. Ele foi transferido para o Hospital Municipal de Açailândia (HMA), e lá foi feito uma drenagem no glúteo dele, isso tudo foi causado devido uma medição errada, ou aplicada de forma errada, estamos tomando as providências sobre isso.

Estou fazendo essa publicação porque devido um erro cometido na UPA quase tira a vida dele, e corre risco de perder a perna. Agora ele se encontra internado no Hospital Municipal nessa situação.

Estamos indignados com a falta de profissionalismo dessa pessoa que causou tudo isso.

Publicidade

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE