PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Prefeito Juscelino mais uma vez demonstra falta de respeito para com a educação e faz descontos indevidos na folha de pagamento de professores grevistas

Resultado de imagem para secretária de municipal de educação de Açailândia - MAEm mais um de seus atos catastróficos, o prefeito perseguidor Juscelino Oliveira, autorizou o desconto na folha de pagamento dos professores da rede Municipal de Açailândia, mesmo depois de uma decisão judicial de uma desembargadora de São Luís que diferiu a greve dos professores ilegal no mês passado. 

Na decisão a desembargadora diferiu a greve ilegal e determinou o pagamento de multa diária no valor de R$ 10 mil reais caso a decisão não fosse cumprida. Isso deveria acontecer sem prejuízo da imputação de faltas aqueles que não retornarem as suas funções.

Os professores estão fora das salas de aulas desde 07 de fevereiro desse ano, ou seja, a 3 semanas, a greve terminou na semana passada mas os profissionais continuam com as aulas suspensas devido a uma paralisação dos mesmos.

Hoje os professores foram surpreendidos quando receberam seus pagamentos referente ao mês de fevereiro que, veio com descontos referentes as "faltas", ou aos dias em que as aulas estão paralisadas, uma surpresa para todos, já que o prefeito mais uma vez descumprir uma decisão judicial na intenção de prejudicar os profissionais da educação.

Vale lembrar que a greve teve fim logo após o SINTRASEMA ser notificado da decisão da desembargadora na semana passada, os professores decidiram em Assembleia realizada na última quarta-feira (27), pela continuação da paralisação das aulas até que seja votado pela Câmara Municipal de Açailândia a nova grade curricular referente o ano 2019. 

Segundo informações ainda não foi encaminhada nenhuma proposta referente a grade curricular pela prefeitura para a câmara até o fechamento desta matéria.   

Publicidade

No inicio desta semana o prefeito Juscelino Oliveira falou em vídeo divulgado por sua assessoria que nunca na história do município de Açailândia um gestor tinha investido na educação como em sua gestão, mais uma de suas MENTIRAS.  

Segundo informações, o sindicato SINTRASEMA já está ciente disto e já está tomando todas as providências cabíveis sobre esta situação, para que o servidor não fique no prejuízo.  

Todas estas mazelas na educação no município é uma mostra clara, que Juscelino não tem respeito pelos profissionais da educação de Açailândia, aliás, essa falta de respeito não se restringe somente a educação, mais abrange todas as áreas da prefeitura.     

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE