PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Maranhão apresenta experiência na luta pela redução da hanseníase para o presidente da Fundação Nippon

O Governo do Estado apresenta, nesta sexta-feira (5), a experiência na luta pela redução da carga de hanseníase no Maranhão para o presidente da Fundação Nippon, embaixador da Boa Vontade da Organização Mundial da Saúde para Eliminação da Hanseníase, e embaixador do Japão para os Direitos Humanos das Pessoas Afetadas pela Hanseníase, Yohei Sasakawa, no auditório do Palácio Henrique de La Rocque, em São Luís.
Participarão do Encontro Maranhense: Experiência do Maranhão na Luta pela Redução da Carga de Hanseníase, o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula; o secretário Extraordinário de Articulação de Políticas Públicas, Marcos Pacheco, além do representante do Observatório de Direitos Humanos, o defensor regional de Direitos Humanos da Defensoria Pública do Estado, Yuri Costa.
Sasakawa
Essa será a primeira visita do presidente da Fundação Nippon ao Maranhão, e terá como objetivo conhecer a política estadual para enfrentar a hanseníase e seu estigma. O senhor Yokei Sasakawa se dedica à causa da luta global contra hanseníase há mais de 40 anos.
No Maranhão, a fundação financia o Projeto Abordagens Inovadoras para intensificar esforços para um Brasil livre da Hanseníase nos municípios de São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar, Alcântara e Raposa. O projeto inclui também municípios de outros cinco estados, e a fundação doou 50 mil dólares para financiamento das ações relacionadas.

SERVIÇO: 
O QUÊ? Maranhão apresenta experiência na luta pela redução da carga de hanseníase para o presidente da Fundação Nippon e embaixador da Boa Vontade da OMS para Eliminação da Hanseníase

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE