PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

TCE/MA- julga irregular contas do IPSEMA-Instituto De Previdência dos Servidores do Município de Açailândia-MA

O Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE/MA), na Sessão Plenária em, 10/08/2016, julgou irregular as prestações de contas do IPSEMA-Instituto De Previdência dos Servidores do Município de Açailândia-MA.

A decisão aponta irregularidades como:
Foram observadas durante a análise diversas aplicações financeiras dos recursos previdenciários aplicados em renda fixa, porém, apresentando rendimento negativo no montante de R$ 2.155.331,09.(Dois milhões cento e cinquenta e cinco mil trezentos e trinta e um reais e nove centavo), Portanto, é necessário esclarecimentos por parte da Presidente, Josane Maria Sousa Araújo, do porque de tanta insistência na aplicação em renda fixa, já que houve muitos pagamentos de despesas para instituições financeiras por conta dessa aplicação que vinha apresentando constantemente rendimento negativo, causando prejuízos sistematicamente ao IPSEMA, (Fonte: TCE/MA)
Observou-se, despesa foi realizada sem apresentar vinculação a nenhum processo licitatório, isto é, nota de empenho, ordem de pagamento e comprovante de despesa não menciona qualquer licitação que tenha precedido a despesa realizada, (Fonte: TCE/MA).
TCE/MA- em resposta ao blog Marcio Pires:
Todos os processos encontram-se tramitando nesta Corte de Contas. Cabe ressaltar que o processo nº 3634/2014, referente a prestação de contas do Instituto de Previdência Social dos Servidores Municipais de Açailândia no exercício de 2013, foi julgado Irregular, porém a gestora apresentou Recurso de Reconsideração, o qual está em andamento sendo analisado pela UTCEX3.
Enquanto o Tribunal de contas do Maranhão e Ministério público de Açailândia-MA, trabalham para combater a corrupção a Câmara de vereadores de Açailândia anda na contra mão, e arquiva CPI-Comissão Parlamentar de Inquérito, que seria para investigar as denúncias acerca do IPSEMA- Instituto De Previdência dos Servidores do Município de Açailândia-MA.
Blog do Márcio Pires

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE