PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Pastor evangélico é vítima de latrocínio em Imperatriz

Policiais da Delegacia Homicídio e Proteção a Pessoa – DHPP estão investigando mais um crime de latrocínio (roubo seguido de morte) em Imperatriz, cuja vítima foi o pastor evangélico Jorge Antonio Magalhães, 50 anos.
O crime aconteceu na madrugada dessa segunda-feira (9), quando o pastor transitava em uma bicicleta pela Rua Floriano Peixoto, próximo a Praça do Curió, localizada no bairro Nova Imperatriz. 
Segundo informações, ele foi atacado por três elementos que o espancaram e roubaram-lhe a bicicleta.  O pastor Jorge Antonio Magalhães foi encontrado ainda com vida já por volta das 6 horas por populares, que acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Ele foi levado para o Hospital Municipal de Imperatriz (HMI), onde não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.
O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML), de onde foi liberado para familiares e será sepultado na manhã de hoje. 
O pastor Jorge Antonio Magalhães é de uma tradicional família de Imperatriz, e irmão do cantor e compositor Celim Galhães, e também tocava violão. Jorge era irmão gêmeo de João Magalhães, que também foi vítima de morte violenta. Ele estava sentado na porta de sua casa tocando violão, quando passou um elemento atirando e um dos tiros acertou o violão e o atingiu, matando-o.
A DHPP já tem um suspeito preso, que a Polícia Civil preferiu não revelar a identidade ainda para não atrapalhar as investigações. 
O Progresso

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE