PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Cem pessoas foram assassinadas em Imperatriz esse ano

Cem pessoas foram assassinadas por arma branca o tiros, de janeiro deste ano até o último dia 21, em Imperatriz. Somente no mês de novembro foram registrados sete assassinatos; em novembro do ano passado foram contabilizados 10 mortes violentas.

A maioria das mortes está ligada ao tráfico de drogas, deste total houve dois femininísticos e sete latrocínios (roubo seguido de morte). De acordo com dados da Policia Civil, até dia 21, o mês mais violento de 2019 foi setembro com 21 homicídios. 

Todos os casos viram inquéritos e são investigados pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A previsão é que cerca de 45% dos crimes sejam esclarecidos.

"A gente tem nossa equipe de investigadores que coleta os dados de todas as formas, mas o apoio da comunidade, através de informações , sempre são úteis para direcionar a investigação e a gente possa chegar a autoria dos crimes", afirma o delegado Praxisteles Martins.
Apesar do alto índice, o número é menor se comparado ao período igual do ano passado, quando foram registradas de janeiro a novembro, 120 mortes violentas. Furante todo o ano de 2018 foram contabilizados 127 assassinatos em Imperatriz.

Do imirante

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE