PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Gás de cozinha tem novo reajuste

Passou a valer nesta segunda-feira o reajuste feito pela Petrobras no gás liquefeito de petróleo (GLP), anunciado na última sexta-feira pela estatal, para botijões de até 13 quilos nas refinarias. O valor do gás de cozinha, como o produto é popularmente conhecido, teve um aumento de 4%.
Este foi o quarto aumento somente em 2019. O último reajuste foi em outubro, quando os preços subiram cerca de 5%. Mas o aumento nos preços não para por aí. Além da possibilidade de cada distribuidor alterar os valores, ainda serão acrescidos impostos. 
Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), Programa de Integração Social (PIS) e Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP) e Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) são alguns deles. Mão de obra, logística e margem de lucro também podem ser aplicados na quantia final. Diante disso, a dica dos especialistas é pesquisar preços.
O Imparcial

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE