PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

AÇAILÂNDIA: Formação de técnicos verificadores é realizada pela Secretaria de Educação

Realizada no auditório da Secretaria Municipal de Educação, a capacitação dos colaboradores para formar técnicos que irão atuar no  programa Busca Ativa Escolar contou com a presença dos diretores das escolas. O Busca Ativa é uma plataforma para ajudar os municípios a combater a exclusão escolar desenvolvida pelo UNICEF, em conjunto com  a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), o Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), que apoiam os municípios na identificação das crianças e dos adolescentes que estão fora da escola.
A coordenadora da Plataforma em Açailândia, Djara Vasconcelos Soares, informou que o principal objetivo do projeto é a visita domiciliar das crianças que estão fora da sala de aula. Isso é feito através do mapeamento feito pelo Censo Demográfico, apartir daí se monta uma força tarefa para o resgate das crianças que se encontram evadidas da escola.
“Em 2018, havia 880 crianças fora da sala de aula. E em 2019, conseguimos encerrar com 456, ou seja, foram reinseridas no ambiente escolar cerca de 49% das crianças e adolescentes que estavam evadidas”, informa Djara.
Para a secretária de Educação, Karla Janys Lima Nascimento, a formação do Busca Ativa na cidade resulta em poder proporcionar através da educação um futuro melhor para os alunos.
“Em parceria com diversos órgãos e instituições, iremos fortalecer e proporcionar melhores condições para os jovens que estão fora da sala de aula afim de que os mesmos permaneçam e concluam os estudos", afimou Karla. 
ASCOM - PMA

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE