PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Covid-19: número de mortes chega a 4; há 428 casos confirmados no país: no Maranhão 72 casos são monitorados

Na noite desta quarta-feira (18) a Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou um boletim informando que está monitorando 72 casos suspeitos do coronavírus no estado, que estão sendo acompanhados por equipes do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS).

A SES informou também que desde o início do monitoramento, notificou 108 casos de possível infecção por coronavírus. 20 foram descartados por diagnóstico laboratorial; 16 casos foram excluídos após a investigação apontar que não atendiam os critérios de definição de caso suspeito de COVID-19. Até o momento, não há casos confirmados.
O Centro de Testagem do Maranhão, localizado na Policlínica Diamante, está recebendo casos suspeitos do novo coronavírus para a coleta de material que passarão por exames laboratoriais e orientações sobre as medidas que devem ser tomadas. O Centro de Testagem funciona de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 18h.
A Secretaria afirma ainda que 68 amostras notificadas no Centro de Testagem do Maranhão não foram incluídas no sistema, por conta de problemas no sistema do Ministério da Saúde, utilizado para atualização dos casos de coronavírus no país. E assim, não foram contabilizados neste boletim.
Dados nacionais 

O número de mortes em decorrência do novo coronavírus (covid-19) subiu para quatro, conforme atualização mais recente do Ministério da Saúde divulgada hoje (18). Até o balanço anunciado ontem, havia apenas um óbito confirmado.
Os falecimentos ocorreram na cidade de São Paulo. Duas novas mortes foram confirmadas pelo hospital Sancta Maggiore, na capital paulista. As duas vítimas, uma de 65 e outra de 80 anos, estavam internadas desde o último sábado (15) a apresentavam comorbidades.
Já os casos confirmados do novo coronavírus (covid-19) chegaram a 428. O número é 137 acima do último balanço ontem (17), quando o total estava em 291 pessoas infectadas. Na segunda-feira (16), eram 234 pacientes nessa situação.
São Paulo concentra a maior parte dos casos (240). Em seguida vêm Rio de Janeiro (45), Distrito Federal (26), Rio Grande do Sul (19), Pernambuco (16), Minas Gerais (15) e Paraná (13). Além desses, foram identificados casos em Santa Catarina (10), Espírito Santo e Ceará (9), Goiás (8), Mato Grosso do Sul (7), Sergipe (5), Bahia (3) e Alagoas, Rio Grande do Norte e Amazonas (1).
Já os casos suspeitos alcançaram 11.278. No balanço de ontem, eles haviam chegado a 8.819, quatro vezes mais do que na segunda-feira (16), quando foram contabilizados 2.064. O Ministério da Saúde justificou o salto pelo fato das inclusões no sistema terem passado a ser feitas de forma automatizada pelas secretarias estaduais. Os descartados somaram 13.551. 
*matéria atualizada às 21h04 para correção de título; ao contrário do informado, os casos foram confirmados, não são suspeitos.

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE