PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Prefeitura de Açailândia emite nota sobre a Campanha de Vacinação H1N1 contra a Gripe/Influenza


A Prefeitura de Açailândia através da Secretaria de Saúde e por meio da Coordenação da Campanha de Vacinação H1N1 Gripe/Influenza, emite comunicado de informe repassado pelo Governo Estadual baseada em norma técnica publicada no mês 03/2020, em que esclarece sobre o público alvo da vacinação, que são os indivíduos com 60 anos ou mais, crianças de 6 meses à 5 anos de idade e trabalhadores da saúde. 

Neste sentido, o Estado informa que o percentual percapito de vacinas repassado pelo Ministério da Saúde ao estado do Maranhão, foi de somente 30%, incluindo crianças na faixa etária indicada acima. Assim, o governo estadual repassou todas as doses em sua totalidade que foram disponibilizadas ao estado do Maranhão, para todos os municípios. 

O comunicado informa que ficou zerado todo o estoque estadual. E esclarece que a falta da vacina H1N1 encontra-se em todo o País, de forma que sendo assim, o governo estadual aguarda o repasse do restante das vacinas pelo Ministério da Saúde, que ao receber procederá o envio aos municípios para que continue com a imunização.
A VACINAÇÃO É REALIZADA NAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE  (UBS)
O Secretário de Saúde, Sr. Linderval Moura, por meio da Coordenação de Vacina, vem a público emitir comunicado a comunidade em geral, que conforme nota acima do Governo Estadual, aonde informa que os repasses das doses de Vacina H1N1, feita pelo Ministério da Saúde já foram entregue aos municípios, assim sendo, vimos a informar que as vacinas que foram repassada pelo Governo do Estado encontra-se esgotadas. 

Portanto, tão logo o governo estadual repassar o restantes das vacinas, será emitido comunicado de chamamento diuturnamente a sociedade nos meio de comunicação de 

Rádio, TV, Mídias sociais e veiculação em carro de som. Reforçamos que todas as Equipes de Saúde do município, vem atuando de forma primorosa e exemplar para atender as demandas do município em saúde pública. 

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE