PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

URGENTE: Transporte interestadual rodoviário será suspenso a partir de sábado no Maranhão, determina governo

Medida tem início a partir desse sábado (21). Objetivo é tentar conter possíveis casos do novo coronavírus no estado, que até o momento, não possui nenhum caso confirmado.

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), informou na tarde desta quinta-feira (19) que vai suspender a partir deste sábado (21) o transporte interestadual rodoviário de passageiros. A medida é para tentar conter possíveis casos do novo coronavírus no estado, que até o momento, não possui nenhum caso confirmado.

De acordo com o governador, haverá exceções em casos de regiões integras ou metropolitanas que estejam em outro estado. A decisão não se estende aos aeroportos Marechal Hugo da Cunha Machado em São Luís e Prefeito Renato Moreira em Imperatriz, já que ambos são de responsabilidade da Infraero, órgão federal.

Em entrevista à TV Mirante nesta quinta-feira (19) o governador informou que o estado está ampliando o número de leitos hospitalares e vai abrir a partir da semana que vem um novo Centro de Testagem no Maranhão. Atualmente, o estado possui o centro localizado na Policlínica Diamante em São Luís.

O governador disse que 'não há motivo para pânico, mas sim a necessidade dos maranhenses estarem em alerta para as formas de prevenção'. Além disso, ele pediu que os cidadãos fiquem em casa e sigam as recomendações médicas de prevenção que estão sendo divulgadas pelo Ministério da Saúde.
“Não podemos ficar inerte, estamos com ações bastantes claras visando, em primeiro lugar, a prevenção. Nós tivemos a suspensão das aulas e muita orientação. Quero agradecer a toda a imprensa brasileira, especialmente, a imprensa maranhense, porque tem prestado um serviço indispensável, para que as pessoas compreendam a importância das chamadas medidas não farmacológicas. O isolamento, por exemplo, de quem apresenta sintomas e cuidados com quem está regressando de outras viagens. Nós temos a nossa rede com quase 500 leitos de UTI. Nós estamos no momento ampliando a oferta de leitos, com algumas obras importantes acontecendo não só em São Luís, mas em outras cidades, como Coroatá e Imperatriz”, explicou Flávio Dino.

Além disso, o estado e a Assembleia Legislativa vão doar 200 mil cestas básicas a desempregados e trabalhadores informais que estão sendo afetados com a pandemia do Covid-19. Serão 100 mil cestas adquiridas com recursos do governo e outras 100 mil com emendas dos deputados estaduais.

Cuidados

Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.

G1/MA

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE