PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

CORONAVÍRUS: Clientes de baixa renda podem ter conta de luz isenta por 90 dias

As medidas do governo federal devem sair à curto prazo e têm o objeto de aliviar impactos econômicos do coronavírus sobre a população.

Nesta quinta-feira (2), o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, em entrevista concedida à uma emissora de rádio, informou que o governo está trabalhado em uma medida para isentar famílias de baixa renda do pagamento de contas de energia elétrica por um prazo de 90 dias.


De acordo com o ministro, as medidas devem sair à curto prazo e têm o objeto de aliviar impactos econômicos do coronavírus sobre a população, contemplando cerca de 10 milhões de famílias brasileiras.



A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou no mês passado regras especiais para o setor de distribuição de energia durante os próximos 90 dias por conta da pandemia do coronavírus, incluindo veto a cortes da energia de clientes residenciais e serviços essenciais mesmo em caso de falta de pagamento.
O ministro Bento Albuquerque também informou que o governo está atento à saúde financeira das distribuidoras de energia em meio aos efeitos da epidemia sobre o setor, pensando em algumas medidas para apoio, como possíveis empréstimos emergenciais às elétricas.

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE