PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SAIBA COMO DEVEM FUNCIONAR AS AULAS REMOTAS A PARTIR DE 15 JUNHO NO MARANHÃO

Maranhão pode ter retorno das aulas a partir de 15 de junho - Blog ...

A volta será iniciada pelos adultos, com turmas de graduação e pós-graduação até chegar ao ensino fundamental e infantil


Uma outra medida anunciada durante a coletiva do governador Flávio Dino que ocorreu na manhã desta sexta (29), foi o retorno de forma gradativa das aulas no dia 15 de junho e deve seguir até o mês de agosto.

Inicialmente, a proposta é que a volta será iniciada pelos adultos, com turmas de graduação e pós-graduação até chegar ao ensino fundamental e infantil. Flávio Dino explicou que a ideia de retorno às aulas iniciada pelos adultos se dá em razão das medidas sanitárias que devem ser adotadas, onde supõe-se que as crianças teriam mais dificuldades.

Ainda na coletiva, o governador informou que a ideia é que haja uma combinação de atividades presenciais e não presenciais, com redução obrigatória no número de alunos em salas de aula e horários intercalados de entrada para evitar aglomerações.

O governador enfatizou ainda que no decreto que será editado ainda hoje (29), será obrigatória a redução do número de alunos por sala de aula e horários intercalados, na rede pública e privada, para evitar aglomerações.

Setores comerciais
Flávio Dino anunciou que ainda hoje (29) estará disponível a íntegra da portaria editada pelo chefe da Casa Civil, informando o protocolo sanitário e quais atividades econômicas e estarão autorizadas a funcionar nesta segunda-feira (1).

“As medidas estão sujeitas a antecipação se os indicadores epidemiológicos permitirem, ou postergação se o indicadores determinarem”, enfatizou.
O processo de reabertura gradual das atividades econômicas no Maranhão começou nesta segunda-feira (25). Após anúncio feito pelo governador no último dia 20 de maio.

Coronavírus no Maranhão

Maranhão já contabiliza 30482 casos do novo coronavírus. Dos 3216 testes realizados, mais 2.503 casos atestaram positivo para a doença. O estado registrou 911 óbitos em decorrência do novo coronavírus. A informação foi divulgada no último boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde na noite desta quinta-feira (28). Destas, 24 foram confirmadas nas últimas 24h.

Os dados revelam ainda que 577 das vítimas eram homens, 63% do total; 37% eram mulheres, o que contabiliza 334 pessoas. Mais de 440 vítimas da Covid-19 possuíam mais de 70 anos. Do total de óbitos, 113 pessoas não apresentavam nenhum tipo de comorbidades.

A SES informou também que mais 7117 pessoas obtiveram a recuperação e estão de alta da quarentena, desses, 74 são profissionais da saúde. Agora, em todo o estado são 8064 os casos que tiveram total recuperação do quadro.

O IMPARCIAL

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE