PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Aulas estão previstas para retornarem de forma gradual dia 1º de julho

A data pode ser alterada novamente de acordo com os dados epidemiológicos do novo coronavírus no estado.


O anúncio foi feito pelo governador Flávio Dino durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta segunda-feira (8). A previsão é que as aulas sejam retomadas de forma gradual no dia 1º, mas a data pode ser alterada novamente de acordo com os dados epidemiológicos do novo coronavírus no estado.

Flávio Dino mencionou ainda que como considera que o setor de comércio e serviço deve se normalizar ao longo do mês de julho, a tendência é de que a rede educacional por simetria, só volte a funcionar também no próximo mês, para que a partir daí os novos calendários sejam cumpridos. As datas de retorno gradativo do comércio permanecem mantidas nos dias 15, 22 e 29 de junho.

Ainda durante a entrevista, o governador informou que o Maranhão ocupa atualmente a 5º colocação no ranking nacional de testes para diagnóstico do novo coronavírus.

Flávio Dino anunciou que mais 70 mil testes serão distribuídos entre os municípios ainda esta semana, além disso, determinou a compra de mais 100 mil testes para o Maranhão.

“A nossa previsão nas próximas semanas, é que possamos triplicar o número de testes, para que mantenhamos o acompanhamento adequado do Coronavírus no nosso Estado”, disse.
O governador confirmou que as fiscalizações continuarão ocorrendo e pediu para que as pessoas denunciem estabelecimentos comerciais que não estão seguindo às recomendações sanitárias.

Coronavírus no Maranhão

Na noite deste sábado (7), a Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou o boletim atualizado de casos confirmados do novo coronavírus no Maranhão. De acordo com a SES, mais de 48 mil casos foram confirmados em todo estado, sendo 1.208 óbitos.

O boletim revela ainda que 21.814 pessoas estão recuperadas do novo coronavírus no Maranhão.

O Imparcial

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE