PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Afogamentos com vitimas fatais em balneários de Açailândia, chama atenção para a falta de fiscalização


Acidentes de afogamentos com vitimas fatais em balneários da cidade, coloca em dúvida a falta de segurança nestes locais.

Duas mortes em uma semana em balneários diferentes da cidade chama a atenção apara a falta de salva vida nesses locais.



O primeiro afogamento aconteceu no sábado dia 25 de julho, onde um jovem desapareceu em um balneário da cidade, as margens da BR 222 no Pequiá, seu corpo foi encontrado na segunda-feira 27, a vitima foi identificada como Alexandre dos Santos Batista, de 19 anos, conhecido pelo apelido de "Tuty", morador daquele bairro.

No último domingo 02 de julho, outro afogamento foi registrado com vitima fatal em outro balneário localizado no Pequiá as margens da mesma BR, que vitimou uma senhora de 58 anos de idade, identificada pelo nome de Maria Raimunda da Conceição, no balneário não há nenhum tipo de autorização para funcionamento. 
Tendo em vista que estamos em um período de estiagem e é comum que balneário lotem principalmente aos finais de semanas. 

Queremos que as autoridades tomem providências e possam fazer fiscalização nos balneários da cidade o mais rápido possível, para que estes locais possam ter além de autorização para funcionar, os que ainda tem, possam também colocar salvas vidas para que proporcionar maior segurança aos visitantes. 

Por Carlos Cristiano

Comentários

Postar um comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE