PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Candidato a prefeito de Açailândia diz ao TSE ter perdido patrimônio em 04 anos, o que pode ser uma demonstração de péssima administração




Candidato a prefeito de Açailândia declara que tem bens inferior ao que o mesmo declarou quando foi candidato a prefeito pela primeira vez em 2016.

Em 2016 Benjamim de Oliveira declarou a Justiça Eleitora quando o mesmo foi candidato a prefeito de Açailândia R$179,443.66 em bens, sendo que naquele ano o mesmo declarou ser de sua propriedade um carro Corola, participação em uma empresa de mineração e em uma Clinica Cardiológica. 

Esse ano o mesmo também irá disputar o pleito eleitoral, só que Benjamim declaro a Justiça Eleitoral o valor de R$21,756,09, sem nenhum veiculo e sem nenhuma participação em nenhuma empresa. 

O valor é três vezes menor do que o declarado em 2016. Vale lembrar que Dr. Benjamim é um dos profissionais mais respeitados e requisitados do Estado do Maranhão, com prestação de serviços em várias cidades do estado, inclusive algumas prefeituras. 

O que não se sabe se esta diferença nas declarações de bens do candidato foi um erro ou o se Benjamim perdeu bens nesses quatro anos, outra duvida que paira no ar, é se isso foi uma tentativa de enganar a Justiça Eleitoral. 

Uma coisa é certa, se Dr. Benjamim perdeu esse tanto de bens em 04 anos, mostra como ele é como administrador. 

Como bem disse o ex-prefeito Ildemar Gonçalves, ao dizer que não confia em Dr. Benjamim como gestor. 

Ouça o áudio: 

   

Por Carlos Cristiano

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE