PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Funcionamento do Hospital de Campanha de Açailândia poderá ser prorrogado diz governador Flávio Dino


Prefeito Aluísio, ver com muita preocupação a suspensão do funcionamento do Hospital de Campanha nesse momento, pois só nesse início do mês de outubro foram registrados 09 óbitos vítimas da Covid-19 e mais de 50 novos casos do novo Coronavírus.

Em entrevista concedida hoje, dia 09 de outubro, na Rádio Marconi Fm, o governador do Estado do Maranhão, Flávio Dino, ao tomar conhecimento do crescimento de óbitos nos último 08 dias na cidade de Açailândia, disse que havendo necessidade e no que depender dele o Hospital de Campanha de Açailândia pode permanecer pelo tempo necessário a atender as necessidades do combate ao Coronavírus na cidade.

O governador também confirmou que, a depender da avaliação técnica que será realizada na próxima terceira-feira, dia 13, o Hospital de campanha poderá ser ou não desinstalado.

No entanto, se nessa avaliação verificar que há necessidade da permanência por mais tempo, o governo do Estado vai conversar com o prefeito Aluísio e a Vale para que o Hospital de campanha fique pelo período necessário e atenda à todas as necessidades da população.

Ainda dentro da saúde o governador Flávio Dino disse que é um compromisso seu o funcionamento dos 10 leitos de UTI’s já instalados pela prefeitura na cidade e que vai implantar na cidade de Açailândia, muito em breve, um Hospital Regional.

Flávio ficou assustado com o grande número de óbitos na cidade nos últimos dias, e, que este fato se dá em virtude de muita gente imaginar que o Coronavírus não existe mais, e isso não é verdade – por conta disso faz-se necessário repensar  a saída do Hospital de Campanha de Açailândia.

O prefeito Aluísio Sousa tem mantido contato diário com a Secretaria de Saúde do Estado no sentido de que o Hospital de Campanha permaneça por mais tempo, em virtude dos novos casos registrados na cidade e o crescimento no número de óbitos que tem assustado a população. 

"Precisamos que tanto o governador Flávio Dino, como a nossa outra grande parceira, a Vale, permaneçam sensíveis a este enorme problema que estamos enfrentando, e que pelo visto ainda deve demorar um bom tempo. A nossa luta é constante e continuamos atentos". Disse o prefeito Aluísio.

Blog do Wilton Lima

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE