PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Sebrae promove Liquida Bazar em Açailândia e mais 16 municípios maranhenses

A ação será simultânea, acontecerá de 5 a 10 de outubro, visando movimentar o comércio ao promover queima de estoques parados e movimentar mais de R$ 5 milhões.

A edição deste ano do Liquida Bazar acontecerá simultaneamente em 17 cidades maranhenses e dentro das próprias empresas que aderirem à iniciativa. No ano passado, a ação de promoção de vendas aconteceu em pavilhões montados para o evento, como em Balsas (foto).

Como forma de apoiar as Micro e Pequenas Empresas na retomada das vendas no período de pós-pandemia, o Sebrae no Maranhão está promovendo o Liquida Bazar, que acontecerá de 5 a 10 de outubro em 17 municípios e envolverá cerca de 600 Micro e Pequenas Empresas maranhenses.

Trata-se de uma ação de varejo, cujo principal objetivo é proporcionar aos pequenos negócios a possibilidade de liquidação do estoque parado e de capitalização monetária através de ação promocional de descontos entre 30% e 70%.

Além disso, o evento vai oportunizar dinamismo na economia do município fazendo com que o capital circule na própria cidade. A ação também visa promover a interação entre empresas e consumidor final, ampliando a competitividade, a reputação e o faturamento por meio da geração de negócios.

O Liquida Bazar vem sendo realizado desde 2019 e já movimentou cerca de R$ 2 milhões em cinco municípios do Maranhão, em datas distintas. Este ano, o projeto está sendo ampliado e, pela primeira vez, a ação será realizada simultaneamente em 17 cidades maranhenses e a expectativa é movimentar mais R$ 5 milhões nos cinco dias da ação.

COMÉRCIO

Outra novidade desta ação é que em virtude do período de atenção ás normas sanitárias, para evitar a propagação da Covid-19, pela primeira vez o evento será realizado dentro dos estabelecimentos comerciais que aderirem ao projeto.

"Tendo em vista o momento pós-pandêmico, onde ainda há restrições de aglomeração, bem como um rígido protocolo de biossegurança a ser seguido, a ação de venda ocorrerá nas próprias MPEs que aderiram ao Liquida Bazar, que naturalmente já estarão preparadas ou em preparação para receber os clientes, conforme previsto nos protocolos sanitários governamentais", comentou o diretor técnico do Sebrae Maranhão, Mauro Borralho.

"Além disso, no dia 05 de outubro é o dia da Micro e Pequena Empresa e estamos aproveitando o mote da data para gerar movimento no comércio, buscando amplificar a importância da MPE, principalmente como gerador de emprego e renda, possibilitando uma grande ação de queima de estoque e de estímulo à economia local", completou o diretor do Sebrae.

MUNICÍPIOS

As cidades onde o Liquida Bazar vai acontecer são: Açailândia, Bacabal, Balsas, Pastos Bons, Barreirinhas, Caxias, Chapadinha, Colinas, Grajaú, Imperatriz, Pinheiro, Presidente Dutra, Pedreiras, Rosário, Santa Inês, São Luís e Timon. As inscrições ainda estão abertas e podem ser feitas na loja virtual do Sebrae, no endereço eletrônico loja.ma.sebrae.com.br ou nos escritórios da instituição nesses municípios.

Para participar, os empresários interessados deverão cumprir alguns pré-requisitos: ter os protocolos de biossegurança implantados, ter CNPJ, praticar preços com 30% a 70% de desconto e participar da pesquisa a ser aplicada pelo Sebrae.

Como responsabilidades, as empresas que aderirem tem a obrigação de participar de capacitações disponibilizadas pelo Sebrae, usar a identidade visual do Liquida Bazar em suas redes sociais e aplicar um questionário fornecido pela instituição em seus clientes durante o período da ação.

Antes da ação de vendas do Liquida Bazar propriamente dita, o Sebrae no Maranhão estará promovendo capacitação para os empresários inscritos no projeto. Serão palestras, cursos e consultorias em cinco temas:

biossegurança, formação de preço, gestão financeira, gestão de estoques e marketing e vendas.

"Esse momento de capacitação serve para preparar melhor o empresário para participar de uma maneira mais efetiva do Liquida Bazar. Dessa forma, estamos indo além da ação de varejo e estamos aproveitando esta mobilização para aperfeiçoar os empresários maranhenses e prepará-los para lidar melhor com este momento de pós-pandemia", explicou o gerente da Unidade de Gestão de Soluções Empresariais do Sebrae no Maranhão, César Viegas.

Assessoria de Imprensa do Sebrae no Maranhão

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE