PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Corpo sem cabeça é encontrado no Rio Tocantins

O corpo de um jovem identificado como Mirael foi encontrado na manhã desta quarta-feira (04), sem a cabeça, no rio Tocantins, em Imperatriz. A mãe da vítima fez o reconhecimento no Instituto Médico Legal (IML).

Além de decapitado, no corpo havia vários ferimentos provocados por arma branca. Mirael é morador do bairro Sebastião Régis e estava desaparecido desde o último domingo (01). A Delegacia de Homicídios vai investigar o caso.

100 assassinatos em 2020

A morte de Mirael chega à triste marca de 100 homicídios registrados em Imperatriz este ano. O terceiro no mês de novembro. As outras duas vítimas assassinadas neste mês também se tratavam de jovens e homens. No dia de finados, Mauricio Araújo da Silva, de 23 anos, foi morto a tiros com 10 perfurações no corpo, quando chegava em casa. No domingo (01), joão Emanuel, de 18 anos, foi executado com 5 tiros.

Os crimes quase sempre têm as mesmas características: os suspeitos chegam de moto, fazem os disparos e fogem sem deixar pistas. O titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Praxísteles Martins, diz que desde 2017 investiga muitos desses casos como acerto de contas entre organizações criminosas que fizeram ramificações na cidade.

“São brigas entre facções e que também estão relacionadas ao tráfico”, explicou.

O Imparcial

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE