PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Brigas internas na câmara municipal de Açailândia, mostra como serão os próximos 04 anos

O Parlamento de Açailândia viveu momentos difíceis durante todo o mandato de 2016 a 2020, com vereadores desacreditados pela população e pela briga interna pela presidência da casa. 


Durante aquele mandato a casa teve 04 presidentes, além de uma chuva de liminares, sendo que cada mandato é de 02 anos, o entre e sai de presidente da casa foi um ato vergonhoso.


Os atritos entre os dois grupos liderados por Ceará e Anselmo marcaram aquele mandato. O Ceará foi reeleito vereador e Anselmo não obteve êxito na disputa e não se reelegeu. 

A vontade do povo era por mudança e no dia 15 de novembro do ano passado os açailandeses elegeram 12 novos vereadores para aquela casa de leis. Criou-se então uma esperança de que os próximos 04 anos seriam de progressos no legislativo municipal, vontade esta que se foi pelo ralo logo no primeiro dia do ano com uma baixaria entre os parlamentares e mostrou como serão os próximos 04 anos daquele parlamento. 


A briga que começou com o registro de duas chapas para disputar a presidência da casa, sendo lideradas por Feliberg e Ceará, o que era para ser apenas uma disputa, resultou no racha entre os vereadores e criou-se dois grupos dentro da casa de leis, isso foi o início de uma nova novela que ao que parece durará os próximos 04 anos. 


Com o primeiro dia do ano marcado com baixarias e agressões, uma total falta de respeito dos vereadores para com o povo, principalmente para com os eleitores destes vereadores e vereadoras que foram eleitos e reeleitos.


Infelizmente parece que iremos ter outros 04 longos anos de brigas internas naquela casa, e o povo que se vire. É importante que se diga que estas brigas a população não ganha em nada, apenas perde por não ter um parlamento atuante.


Enquanto os parlamentares brigam entre si para saber quem vai comandar a casa de leis, centenas de famílias açailandenses se preocupam como farão esse ano para se manter sem emprego, sem auxílio emergencial e sem perspectivas de dias melhores.

 

Atualmente para o grupo de Feliberg, ele é o presidente da câmara municipal, já para o grupo de Ceará, ele é o presidente da casa. 


Assim estão os dois grupos: 

Ceará, Fânio Mania, Cesar Costa, Marcelo Oliveira, Dr. Adjackson, Bernadete, Xanddy Sampaio e Adriano da Saúde. 


Feliberg, Erivelton Trindade, Demazim, Thais Brito, Robenha da Saúde, Lucas Alves, Odacy, Kell e Dennes Pereira. 


Diante de tudo isso fica uma pergunta no ar. Qual será o próximo capítulo da novela?


Por Carlos Cristiano


Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE