PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Governo empossa novos secretários e reafirma compromisso da gestão com a otimização de equipes


O governador em exercício Carlos Brandão deu posse, nesta segunda-feira (11), aos novos secretários da Agricultura Familiar (SAF), Comunicação e Assuntos Políticos (Secap) e Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid). A solenidade foi realizada no Palácio dos Leões, com transmissão ao vivo pelas redes sociais do Governo.

Com as mudanças, anunciadas em dezembro pelo governador Flávio Dino, os deputados federais Márcio Jerry e Rubens Jr assumem, respectivamente, a Secid e a Secap. Rodrigo Lago passa a ser secretário da SAF, e Júlio Mendonça responde, agora, pela Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp).

“Um remanejamento normal. Iniciamos um novo momento, com novas metas, e nada mais justo que dar oportunidade a esses secretários que são competentes e já conhecem a linha do governador, que é de trabalho e de entrega de resultados”, ressaltou Carlos Brandão.

Os novos secretários destacaram a satisfação de integrar o Governo e os desafios que assumem a partir de agora.

“Estamos com muito entusiasmo, muita dedicação, para que possamos fazer novamente no Governo aquilo que temos feito ao longo da vida, que é ter sempre essa dimensão militante, engajada, apaixonada pelo nosso povo e por um Maranhão cada vez melhor para todos”, vibrou o secretário da Secid, Márcio Jerry.

Sentimento compartilhado por Rubens Jr, que retorna ao Governo em que já foi secretário das Cidades e Desenvolvimento Urbano. “Encaro um novo desafio, de diálogo com a classe política, com os movimentos sociais e, principalmente, diálogo com o povo”, frisou.

Para o secretário Rodrigo Lago, que já esteve à frente de outras pastas no Governo, a SAF proporciona uma oportunidade diferente e especial: o contato direto com o povo. “Se o estado não induz, o campo não produz. Esse será o meu lema, essa será a missão”.

Júlio Mendonça, que retorna à Agerp após passagem pela Secretaria de Agricultura Familiar, disse que a experiência adquirida na SAF será muito importante para o novo desafio.

“Estamos convicto de que o caminho do Maranhão é o desenvolvimento sustentável proporcionado pela agricultura familiar, em parceria com os movimentos sociais”, completou.

Governo do Estado

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE