PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

TRABALHADORES DA ZONA RURAL DO PEQUIÁ, PEDEM A VALE QUE OS DEIXEM TRABALHAR


Comunidade do Pequiá, pedem que a empresa Vale os deixe trabalhar sossegado.  

Há cerca de 23 anos cerca 29 trabalhadores rurais estão trabalhando na área com plantios de vários tipos de frutas da época, em uma área de terra próximo a BR 222 e ao banho do 40, no Pequiá. 

Em 2014 a empresa Vale convocou os trabalhadores para uma reunião onde ela reivindicou dizendo que era proprietária da referida terra, porém não apresentou nenhum documento que comprovasse isso. Com o discurso de que era proprietária da terra, disse aos trabalhadores que eles poderiam trabalhar naquele local tranquilos.

Os trabalhadores então continuaram a trabalhar na área plantando cada vez mais, hoje cerca dos 29 trabalhadores, cerca de 10 famílias moram no local. 

Hoje, cerca de 29 trabalhadores tem terrenos no local de onde tiram seu sustento através das plantações que tem ali. 

A cerca de 04 meses atrás, a empresa Vale procurou os trabalhadores ameaçando despeja-los dizendo que era dona da terra e então apresentou documentos de que ela havia comprado aquela área. Isso todo esse processo aconteceu depois de 2012 quando ela se reuniu com os trabalhadores e não tinha nenhum documento da área.

Para os trabalhadores, a Vale fez isso apenas para mexer com os trabalhadores que já estão ali a mais de 23 anos e agora não querem perder o que já investiram ali.    

Na época a área não tinha nenhum dono, então os moradores começaram a plantar no local, depois de alguns anos conseguiram comprar a referida terra. 

Os moradores alegam que já tem uma história e já fizeram vários investimentos no local ao longo destes anos, não podem sair de mãos abanando.      


Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE