PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Vereadores da chapa do vereador Ceará poderão responder por improbidade administrativa


MAIS UM CAPITULO DA NOVELA "CÂMARA MUNICIPAL DE AÇAILÂNDIA": 
O Promotor de Justiça Titular 1ª Promotoria de Justiça Especializada de Açailândia, Gleudson Malheiros Guimarães, respondendo pela 2ª Promotoria, abriu, na última segunda-feira (18), inquérito civil para apurar atos de improbidade administrativa praticados pelo vereador Josibeliano Chagas Farias, o Ceará, durante eleição para presidência da Câmara.
De acordo com o inquérito publicado ontem (19) no Diário do MP, Ceará não conseguiu a reeleição após a mesa diretora composta em sua chapa não comparecer no dia da sessão, marcada para às 00:30h no dia 1 de janeiro.

Com o não comparecimento dos vereadores que integravam a chapa, deu-se continuidade a eleição onde a chapa encabeçada pelo vereador Feliberg foi eleita para biênio 2021-2022.

Não conformado com a derrota, Ceará teria organizado uma nova eleição às 10h do mesmo dia, e com uma nova chapa, se auto declarou presidente.

Veja abaixo o inquérito na íntegra:

Fonte: maldinevieira.com.br

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE