PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

09 MORTES POR COVID-19 SÃO REGISTRADAS DURANTE O FINAL DE SEMANA, EM IMPERATRIZ


O produtor cultural Ozório Neto foi a vitima, mais ainda não aparece na estatística.

Os últimos boletins divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde deram um salto no total de mortes provocadas pela Covid-19 em Imperatriz. Na sexta-feira (19) eram contabilizados 435 e segunda-feira (22) a cidade registrava 444 óbitos, 9 vitimas a mais. 

O número real deve ser ainda maior com a somatória dos casos que ainda não foram informadas pelo Núcleo de Enfrentamento à Covid-19, como a morte de Ozório Neto, de 57 anos, que morreu no domingo (21) após dias de internação hospitalar lutando contra a doença. 

Ozório era poeta, compositor, folclorista, produtor cultural e vice-presidente do Conselho Estadual de Cultura do Maranhão.  Natural de São Luís, há 50 anos morava em Imperatriz onde dedicava a vida à cultura. Desenvolveu projetos sociais e culturais como a criação do bloco carnavalesco Bicho Papão, a Academia de Cultura e Artes de Imperatriz e o Instituto de Cultura e Artes Sotaque. 

A ocupação de leitos na rede estadual voltou a subir, 95% e 40 pacientes internados em UTI, restando apenas 02 vagas disponíveis. Dos 106 leitos de enfermarias, 95 estão ocupados. Com o aumento no número de casos, o secretário de governo informou que a prefeitura vai edificar e divulgar novo decreto esta semana com medidas mais restritivas para as atividades econômicas, para a redução dos índices na cidade.  

O Imirante

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE