PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Onze meses após o início da pandemia, Maranhão ultrapassa os 200 mil curados da Covid-19


Desde o início da pandemia, o estado já teve 200.263 pacientes que receberam alta após serem curados da doença. O G1 reuniu algumas dessas histórias de superação.

Quase um ano após o início da pandemia, o Maranhão alcançou na quarta-feira (17), a marca de 200.263 pessoas curadas do novo coronavírus (Covid-19). Os dados são do boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Entre os curados estão mães, pais, avós, tias, tios, primos e entes queridos que finalmente tiveram alta após um período de recuperação e já outros, chegaram a ficar mais de um mês internados em unidades hospitalares espalhadas por todo o estado.

Dos recuperados, 4.319 são profissionais da área da saúde. Ao todo, segundo a SES, o estado já registrou 214.058 pessoas infectadas e 4.883 mortos pela doença.

Relembre algumas histórias

Desde o início da pandemia, o G1 contou a história de alguns pacientes que se recuperaram do novo coronavírus. Como é o caso da idosa Regina Coelho Guiné, de 101 anos, que venceu a doença.

Após a testagem, dona Regina entrou em tratamento e teve uma resposta imunológica surpreendente, já que a idosa estava em recuperação de uma cirurgia do fêmur.

Celma Rodrigues, de 61 anos, também é uma das pacientes que foi curada da Covid-19. Ela chegou a ficar internada em tratamento por um mês e 22 anos no Hospital Dr. Genésio Rêgo, na capital maranhense.

A paciente teve 92% de comprometimento dos pulmões, devido ao novo coronavírus. Em tratamento, Celma Rodrigues precisou ficar 31 dias internada em um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e outros 21 dias na enfermaria. Na saída do hospital, ela foi recepcionada por familiares e funcionários do hospital com flores e aplausos.

G1/MA


Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE