PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PROGRAMA BRASIL MAIS PRETENDE CONTRIBUIR PARA A COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL NA REGIÃO PRÉ-AMAZÔNIA MARANHENSE


A cerimônia de lançamento do programa está marcada para o dia 23 de fevereiro, às 19h, pela plataforma Teams.

AÇAILÂNDIA – Idealizado pelo Governo Federal por iniciativa da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia o programa Brasil Mais tem a parceria na execução com o Sebrae, Senai e Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), responsáveis pelo acompanhamento contínuo e consultorias especializadas aos empreendimentos que serão atendidos. Em Açailândia, empresas inscritas e selecionadas para participar do programa receberão acompanhamento por quatro meses dos agentes locais de inovação (ALI) e participarão de encontros coletivos e individuais.

A cerimônia de lançamento do Brasil Mais está marcada para o dia 23 de fevereiro, às 19h, em formata 100% digital, (Plataforma Teams) e contará com a presença de parceiros e empresários do município. Para o gerente regional do Sebrae em Açailândia, Breno Soeiro, o objetivo do programa na região é contribuir para o aumento do faturamento e redução de custos das empresas participantes, tornando o empreendimento mais produtivo.

“A proposta do programa é focar nos lucros por meio de ganhos de performance em um grupo, que no primeiro ciclo, serão 22 empresas (Microempresa - ME e Empresa de Pequeno Porte -EPP). Como resultado do ciclo esperamos que as empresas consigam através da inovação reduzir seus custos e aumentar seus faturamentos sendo esse o papel fundamental do Agente Local de Inovação que executa em cada cliente orientação proativa, gratuita e personalizada”, destaca Breno Soeiro.

As mudanças geram impacto direto na gestão empresarial, na melhoria de produtos, processos e na identificação de novos nichos de mercado para os produtos e serviços dos empresários. “Vale ressaltar que a capacidade de inovar é decisiva para o aumento da competitividade empresarial com isso durante os quatro meses que o ALI acompanha as empresas ele apresenta soluções e oferece respostas às demandas do negócio”, complementa Soeiro.

Requisitos para participar do Brasil Mais

Para participar do Brasil Mais é preciso ser dono de micro ou pequena empresa dos setores de comércio, serviço ou indústria. Ao longo de quatro meses, serão cinco encontros coletivos virtuais e cinco encontros individuais com o Agente Local de Inovação (ALI).

Neste percurso, o empresário será conduzido por uma jornada para inovar e buscar maior faturamento ou redução de custos. Além disto, poderá receber consultorias especializadas para apoiá-lo nesse desafio.

O acompanhamento pelo Agente Local de Inovação e a participação nos encontros coletivos e individuais são gratuitos, 100% subsidiado pelo Sebrae. Para as consultorias especializadas opcionais pode haver contrapartida por parte do empreendedor.

Portanto, para quem é dono de micro e pequena empresa, seja padaria, confeitaria, minimercado, pet shop, loja de roupa, clínica de fisioterapia ou outro segmento, e quer aumentar a produtividade e competitividade da sua empresa, já pode se programar para participar do Brasil Mais. Para inscrever-se no programa basta acessar bit.ly/3rhOr8n, inserir os dados solicitados e responder ao autodiagnóstico.  A equipe do Sebrae entrará em contato para informar sobre as vagas e marcar seu primeiro encontro com o Agente Local de Inovação.

Cronograma no Maranhão Fevereiro/ 2021

Lançamento do Projeto no Estado, prospecção de clientes para início dos atendimentos.

Março/ 2021

Início do atendimento em São Luís, Caxias, Timon, Bacabal, Pedreiras, Santa Inês, Santa Luzia, Presidente Dutra, Colinas, Balsas, Imperatriz e Açailândia.

Junho/ 2021

Medição de resultados do primeiro grupo.

Mais informações:

Jhene Assis

Assessoria de Imprensa do Sebrae no Maranhão

(98) 3216-6133

(99) 99156 5142

Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800

Facebook.com/sebraema

Youtube/umcsebraema

Twitter: @Sebrae_Ma

Instagram: @SebraeMaranhao

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE