PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Vereador Denes Pereira se reúne com secretário de saúde, para cobrar explicações sobre obras da UBS´s paralisadas em Açailândia


Após, a realização de reuniões com moradores de alguns dos bairros onde se encontram essas UBS’s, que também é popularmente conhecida como "postinho de saúde", o vereador Denes Pereira atendendo ao pedido comum das pessoas que estavam presentes nas reuniões, que foi, “vereador Denes Pereira por favor, nos ajude a conseguir fazer com que esses postinhos de saúde sejam terminados e funcionem”. Dessa forma, como representante do povo Denes Pereira se prontificou para está do lado dessas comunidades pleiteando esta causa em comum.

E na manhã de terça-feira dia (23), o vereador Denes Pereira (PT), foi até a Secretaria Municipal de saúde, onde protocolou ofício e se reuniu com o secretário, Sr. Linderval de Moura Sousa. O assunto, tanto do ofício, quanto da reunião, eram sobre a situação das UBS’s (Unidades Básicas de Saúde) localizadas em vários bairros da cidade, e que a mais de 5 (cinco) anos estão com suas obras paradas, sendo que, a maioria delas estão com a construção praticamente concluída, faltando pouco para estarem prontas e serem entregues a população.

O secretário de saúde, parabenizou ao Vereador pela preocupação com a situação destas UBS’s e também por está atendendo os interesses do povo, porque com o funcionamento de todas estas unidades só quem irá ganhar é a população. Linderval esclareceu ainda que um dos motivos da não conclusão dos postinhos é porque o responsável, na época, pela empresa que estava na frente das obras faleceu e a empresa não deu continuidade..., de lá pra cá, o município vem recorrendo na justiça para resolver a situação.

Por fim, o vereador Denes Pereira sugeriu se um requerimento recomendando ao poder executivo a conclusão das obras daqueles prédios, onde a maioria já estão em fase acabamento, poderia ser uma saída para solucionar essa questão, o secretário disse: “acredito que sim, isso com certeza irá ajudar” e assim o vereador fez o requerimento, que será colocado em votação no plenário da Câmara provavelmente na próxima semana, quarta dia (03) ou quinta dia (04) de março.

Da Assessoria

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE