NOTA DE ESCLARECIMENTO DO VEREADOR DÊNES PEREIRA


O vereador Dênes Pereira, vem a público esclarecer e refutar recentes fatos noticiados pela mídia local e em grupos das redes sociais, acerca do seu posicionamento em relação ao Projeto de Lei sobre o Auxílio emergencial municipal, de autoria do parlamentar Ceará. Confira a nota na íntegra.

“Venho esclarecer, a toda população de Açailândia, as inverdades, que circulam em grupos das redes sociais e propagadas por alguns comunicadores da cidade, acerca do meu posicionamento em relação à proposta do Auxílio emergencial, de autoria vereador Josebiliano, o Ceará.

Em relação à proposta do vereador Ceará, deixo bem claro, não sou contra o mérito do projeto, vejo a grande importância para a sociedade, principalmente neste período de pandemia. Dada esta importância, é indispensável e fundamental o Parecer da Comissão de Orçamento e Finanças da Câmara Municipal de Açailândia, sendo necessário o pedido de visto. Tenho o dever, de juntamente com a comissão analisar qualquer projeto que venha requerer recursos, pois, não podemos ser irresponsáveis com a comunidade e não trabalharmos com populismo barato.

Refuto também, as Fake News que circulam nos grupos de WhatsApp, tentando denegrir e manchar a minha imagem. Sou sim um trabalhador, e tenho dignidade e orgulho de afirmar que trabalhei durante 10 anos e 3 meses na empresa Mateus Supermercado, permaneci como funcionário até o penúltimo dia de dezembro de 2020 neste grupo, com o salário de 1.473,00. Afirmo também, que sou sindicalista e com muito orgulho, e sempre lutei pelos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras. Como sindicalista nunca tive regalias e ainda mais às custas dos trabalhadores, quem me conhece sabe, moro com muito orgulho em um bairro da periferia da cidade, em uma casa simples e que foi construída com suor do meu trabalho e com a ajuda da minha família. Quando alguém que não conhece as lutas e as causas que defendo e bate no peito para dizer que sou sindicalista com regalias às custas dos trabalhadores, ele/eles deve/devem ter provas para sustentar suas mentiras diante da Justiça, pois, difamação é crime.

Coloco-me à disposição para qualquer esclarecimento sobre os fatos.

Denes Pereira, Vereador do PT.”

Assessoria do Gabinete do Dênes Pereira

Comentários