PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

BOA NOTICIA: TAXISTAS, MOTOTAXISTAS, MOTORISTAS DE VANS E APLICATIVOS COMEÇAM A SER VACINADOS EM AÇAILÂNDIA CONTRA A COVID-19


Com a chegada de novas doses de vacinas contra a Covid-19 no Maranhão, um novo público-alvo será imunizado contra a doença no estado. Seguindo o Plano Nacional de Imunização (PNI), serão imunizados conforme o cronograma do Estado, Trabalhadores da Construção Civil; Trabalhadores da indústria; Trabalhadores da Limpeza urbana; Trabalhadores de coletivos e rodoviários; Motoristas de vans, Taxistas e Motoristas de aplicativo; Profissionais de comunicação.

Continua a vacinação para pessoas em geral acima de 60 anos; trabalhadores da Saúde; trabalhadores da Educação da rede pública e privada com 28 anos ou mais que atuam em Açailândia; Pessoas com comorbidades com 45 anos ou mais; Pessoas com deficiência permanente cadastradas no programa de Prestação Continuada (BPC) de 50 anos ou mais; Pessoas com Síndrome de Down a partir de 18 anos e Forças de segurança.

A prefeitura de Açailândia, através da Secretaria Municipal de Saúde iniciou na manhã de segunda-feira (31/05) a imunização das duas categorias com a primeira dose do imunizante.

Para ter direito à vacinação, os profissionais deverão comprovar, por meio de documentação que são trabalhadores de alguns dos segmentos. Uma relação com o nome dos associados no sindicato é observada pelo vacinador para certificar a legitimidade da pessoa a ser vacinada.

Para o presidente do Sindicato dos Mototaxistas de Açailândia, Márcio Sirley, é de suma importância que estes profissionais sejam imunizados para garantir a proteção de sua saúde e de familiares, bem como dos passageiros. “Eles transportam muitas pessoas e se deparam como pessoas que suspeitam que estejam com o vírus. Com isso, toda a classe fica vulnerável a ser contaminada, podendo passar para outras pessoas. Com a vacina todos se sentem mais seguro”, disse Márcio Sirley.

No ato da vacinação o profissional deve apresentar documento oficial com foto e comprovante de residência, Cartão do SUS, CPF, CNH (para motoristas), além dos documentos exigidos da classe, como a carteira de sindicalizado. Pessoas com deficiência ou comorbidades devem levar laudo médico. Trabalhadores dos grupos prioritários devem levar declaração da empresa ou documento que comprove o vínculo empregatício.

ASCOM

Deixe sua contribuição ao portal Carlos Cristiano Noticias! Nosso PIX:

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE