PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

CORPO DE BOMBEIROS LISTA CUIDADOS PARA EVITAR AFOGAMENTOS


Um total de 11 operações foram realizadas pelo Batalhão de Bombeiros Marítimo, no Maranhão, nos primeiros cinco meses deste ano. O trabalho resultou no resgate de corpos que se encontravam em lugares de difícil acesso – água, mangue ou ambiente similar. As operações são marcadas por grande mobilização operacional, pois envolvem vários militares, viaturas, embarcações, equipes especializadas em mergulho e ampla logística de deslocamento. 

Os afogamentos, em grande parte, são causados pela desatenção com os riscos do mar, informa o comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), coronel Célio Roberto de Araújo. “É um trabalho que pode durar horas, ou até mesmo dias. Lamentamos cada ocorrência em que já temos o evento morte estabelecido, porém, é sempre positivo poder recuperar, e pelo menos entregar o corpo da vítima aos familiares, para que possam fazer as suas últimas homenagens”, pontua o comandante.

O coronel chama atenção para algumas dicas de segurança no mar e rios, que podem evitar afogamentos e reforça ficar atento às orientações dos guarda-vidas. “Havendo rios de corredeiras, não entre, e se embarcado, use colete salva-vidas. Se for rio sem corredeiras, a água deve estar, no máximo, à altura dos joelhos e também a pessoa deve usar o colete salva-vidas, pois a profundidade pode aumentar rapidamente”, alerta Célio Roberto de Araújo.

O coronel ressalta que, uma vez no mar, a supervisão deve ser o tempo todo e por pessoa que saiba ajudar. Ele orienta ainda nunca entrar na água alcoolizado ou mergulhando de cabeça. “Se estiver em perigo, tente manter a calma, flutuar e acenar por socorro. Não se deve nadar contra a correnteza”, reforça. 

O comandante do CBMMA alerta que, caso a pessoa vá prestar alguma ajuda a alguém na situação de afogamento, o mais correto é ligar para o 193, jogar material flutuante e aguardar um profissional chegar.

Governo do Maranhão

Deixe sua contribuição ao portal Carlos Cristiano Noticias! Nosso PIX:

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE