PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

IMPERATRIZ - JUSTIÇA AFASTA TRÊS VEREADORES E PROIBE 30 SEVIDORES DA CÂMARA MUNICIPAL DE TEREM ACESSO AO PRÉDIO


Uma decisão do Poder Judiciário de Imperatriz proibiu o acesso de trinta servidores, por 90 dias, à Câmara Municipal. Entre os servidores estão os vereadores Bebé Taxista e Zesiel Ribeiro da Silva. Os demais servidores são os assessores parlamentares, auxiliares de gabinete, secretários de gabinete e ouvidores legislativos.

O processo faz parte de uma investigação que apura suspeitas de irregularidades na casa de leis. Segundo o documento judicial houve a contratação de funcionários fantasmas, crimes cometidos contra a Administração Pública e a contratação de funcionários, mediante acordo político, com divisão de salários, mais conhecido como “rachadinha”, prática de nepotismo e contratação de servidores que excedem as vagas criadas pela lei.

Um detalhe que passou despercebido pelo estagiário: a decisão que determinou o afastamento cautelar dos vereadores está sujeita à análise do plenário da Câmara de Vereadores, a exemplo do que já ocorreu no Congresso e na Assembleia Legislativa do Rio. A decisão poderá ser mantida ou não. Como a votação é aberta e nominal o povo deve lotar aquela câmara de vereadores e meter pressão neles.

A justiça, por meio da Central de Inquéritos de Custódia determinou o afastamento de cinco servidores da Câmara Municipal de Imperatriz, entre eles, estão os vereadores, Zesiel Ribeiro da Silva, Antônio Silva Pimentel e Bebé Taxista. Os outros dois servidores afastados fazem parte do quadro de assessores parlamentares e comissionados.

Mesmo com o pedido de afastamento, os vereadores continuam recebendo os salários de R$ 12.660 e os assessores parlamentares de R$ 12.700, O pedido de afastamento foi feito pela Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção e Ministério Público Estadual - GAECO, foi deferido pelo Poder Judiciário e segue em segredo de justiça.

Imperatriz Online

Deixe sua contribuição ao portal Carlos Cristiano Noticias! Nosso PIX:

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE