PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

MARANHÃO - FLÁVIO DINO DECIDI POR ''CARLOS BRANDÃO'' PARA DISPUTAR O GOVERNO DO ESTADO EM 2022

Na sexta-feira, o vice-governador Carlos Brandão (PSDB) se reuniu com aproximadamente 160 prefeitos, vice-prefeitos e ex-prefeitos.

Semana passada terminou agitada na política maranhense e esta está começando igualmente efervescente. Na sexta-feira, o vice-governador Carlos Brandão (PSDB) se reuniu com aproximadamente 160 prefeitos, vice-prefeitos e ex-prefeitos.

Foi o momento em que pelos menos duas pesquisas de intenção de votos foram divulgadas sobre a disputa do governo do Maranhão. Nelas aparecem embolados Roseana Sarney, Weverton Rocha, Carlos Brandão e Roberto Rocha e Josimar do Maranhãozinho.

O encontro político com Brandão foi promovido pelo prefeito de São Mateus, Miltinho Aragão (PSB) que aproveitou a presença do vice-governador na cidade, onde foi inaugurar obras estaduais, para fazer-lhe uma surpresa.

Depois da inauguração, Brandão foi para uma churrascada de Miltinho e lá encontrou uma superestrutura com carro de som e 55 prefeitos, sendo três do PDT, vários secretários estaduais, vice-prefeitos, ex-prefeitos e outras lideranças. Brandão ficou surpreso e animado com o encontro inesperado.

Coincidiu ainda com a ex-governadora Roseana Sarney saindo do imobilismo ao assumir o comando do MDB estadual no dia 02, despois de 28 anos presidido pelo ex-senador João Alberto de Sousa.

Dois dias depois, Já no sábado, dia 3, o governador Flávio Dino convocou ao Palácio dos Leões o vice Carlos Brandão e o senador Weverton Rocha para discutirem a sucessão estadual no contexto da disputa presidencial de 2022. Dino colocou as cartas na mesa, dizendo que o candidato dele é Carlos Brandão, pela lógica de ser o governador de fato a partir de abril no próximo ano.

Os três fizeram postagens no twitter falando em união do grupo governista e do diálogo. O teor principal não foi claramente revelado, mas linguagem do trio ficou bem parecida: união e consenso.

Hoje, às 17 horas, no Palácio dos Leões, Flávio Dino vai se reunir com os dirigentes dos 16 partidos que fizeram parte da aliança de 2018, incluindo, agora, o PSDB que, naquele pleito estava sob o comando do senador Roberto Rocha. Hoje está novamente presidido por Carlos Brandão, como era na eleição majoritária de 2014, quando ele tornou-se vice-governador.

O Imparcial

Deixe sua contribuição ao portal Carlos Cristiano Noticias! Nosso PIX:

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE