PUBLICIDADE

AÇAILÂNDIA: HOMEM CONSIDERADO UM DOS MAIORES ASSALTANTES DE BANCO DO PAÍS É PRESO

Um homem apontado pela Polícia Civil do Pará como “um dos maiores assaltantes de banco e carro-forte em atividade no Brasil em ações criminosas chamadas de “novo cangaço” foi preso na quinta-feira (21) em Açailândia (MA).

Segundo a polícia, ele também foi o responsável pela logística de armamentos e explosivos utilizados por uma quadrilha no assalto a banco em Cametá, no nordeste paraense em dezembro do ano passado.

O suspeito Janison Resende Oliveira da Silva participou do assalto à agência bancária do Banco do Brasil em Cametá, e também de outros crimes a instituições financeiras do “novo-cangaço” em Tocantins, Maranhão, Pernambuco, Bahia e Paraíba, entre 2017 e 2020. O suspeito organizou ainda, no ano de 2021, ação de “novo-cangaço” contra o Banco Bradesco do Município de Monção, na região de Santa Inês, no Maranhão, evento criminoso que está sendo investigado pela Polícia Maranhense.

Em Cametá ao menos 16 assaltantes teriam participado da ação criminosa sendo que 12 deles foram identificados e oito estão presos.

“Após os depoimentos, a gente vai poder desmantelar esta quadrilha. Temos outros mandados a ser cumpridos, mas este é certamente o líder maior, responsável pela logística de armamentos”, declarou o delegado.

Com a prisão, a polícia cumpriu 10 mandados que estavam em aberto contra ele nos seis estados onde é suspeito de crimes. Armas e explosivos que estavam com o suspeito também foram aprendidos.

“A prisão do oitavo criminoso, líder do bando, é considerada de extrema importância para o desenrolar das investigações, que já se encaminham para o final”, informou o delegado Erisson Leal, responsável pela operação para prisão.

Da redação com informações do Portal Pebão

Comentários