PUBLICIDADE

PUBLICIDADE PARK

PUBLICIDADE PARK

MARANHÃO: PROFESSOR É PRESO ACUSADO DE EXPLORAR CONTEÚDO SEXUAL E CHANTAGEAR MENORES EM SÃO LUIS

Homem se passava por mulher para atrair crianças e adolescentes do sexo masculino, que eram ameaçados de ter fotos íntimas publicadas na internet.

Foi preso na última sexta-feira (26), na cidade de Bacabeira, Região Metropolitana de São Luís, um professor de dança e coreógrafo suspeito de fazer parte de uma organização criminosa que praticava exploração sexual contra crianças e adolescentes. A prisão ocorreu durante a operação “Arco Íris”, da Polícia Civil do Maranhão.

Segundo a polícia o suspeito, de 33 anos, se aproveitava do acesso que tinha às escolas em que as vítimas estudavam, e escolhiam especialmente menores do sexo masculino. Os criminosos gravavam conteúdo em vídeo das crianças, que em seguida era armazenado e divulgado na internet.

De acordo com as investigações e com depoimentos dos menores envolvidos, o professor enviava mensagens instantâneas para o celular deles, passando-se por mulher.

O suspeito convencia as crianças e adolescentes a mandarem fotos sem roupa, e depois as chantageava, dizendo que publicaria o conteúdo caso não concordassem em ter relação sexual com ele.

O mandado de prisão e de busca e apreensão foi cumprido na última sexta-feira (26). Foram apreendidos com o suspeito celulares com imagens íntimas de crianças e adolescentes, algumas moradoras do interior do Maranhão, assim como de outros estados.

A Polícia Civil do Maranhão investiga o caso na tentativa de identificar os demais suspeitos de participação no crime.

O Imparcial

Comentários

PUBLICIDADE WIZARD

PUBLICIDADE WIZARD

PUBLICIDADE SKIL

PUBLICIDADE SKIL