SKILL.ED - AÇAILÂNDIA

NOVEMBRO AZUL - PREFEITURA DE AÇAILÂNDIA

ESPECIAL: QUATRO DICAS PARA CHEGAR A ENVELHECER COM MAIS QUALIDADE DE VIDA

Mundo terá mais de dois bilhões de idosos em 2050, segundo a Organização Mundial de Saúde.

Imagine a população da China, conhecida por ser o país mais populoso do mundo, com aproximadamente 1,4 bilhão de habitantes. Agora, acrescente a este número mais 600 milhões de pessoas. Fez as contas? O resultado dessa soma é a quantidade de pessoas com idade acima de 60 anos que estarão vivendo no mundo em 2050: mais de dois bilhões de pessoas. Os números são da Organização Mundial da Saúde (OMS). "Antes, a preocupação era alcançar os sessenta anos. Agora, as pessoas se perguntam em que condições vão chegar a esta idade", comenta o médico e professor da Faculdade de Medicina de Açailândia (Idomed Fameac), Pablo Germano. 

Para chegar com qualidade de  vida à terceira idade, alguns hábitos são fundamentais. 

Confira abaixo: 

1. Preze por hábitos alimentares saudáveis 

A alimentação é um ponto chave para o bem-estar. Priorize refeições ricas em alimentos saudáveis, como frutas, vegetais, legumes, grãos, cereais e carnes magras. Em compensação, é importante evitar comidas processadas, doces e frituras. "Isso não significa manter uma dieta ultra restritiva, mas sim, saber controlar o que se come e dar preferência para opções saudáveis", explica. 

2. Mantenha o sono regulado

Além do cuidado com a alimentação, Pablo ressalta a importância de dormir bem. Segundo do ele, essa deve ser uma prioridade na rotina dos idosos. “O sono é um estado de recuperação e descanso tanto da mente quanto do corpo. Sendo assim, a saúde pode estar diretamente relacionada com a qualidade de sono. Vale destacar que idosos precisam dormir de sete a oito horas por dia”, comenta.

3. Tenha uma vida social ativa

Mas não é só a alimentação e o sono que devem ser levados em conta para que o idoso tenha uma vida mais saudável. Idosos não estão imunes à depressão e, neles, a doença pode se apresentar de forma diferente do que se está acostumado a ver em jovens e adultos. "As pessoas nessa época da vida relatam facilmente sintomas como tristeza, desânimo e falta de interesse na vida", explica Pablo. Segundo o profissional, para evitar desenvolver a depressão é fundamental que o idoso faça amizades, interaja com outras pessoas, converse, passeie e invista em relacionamentos interpessoais.

4. Pratique atividade física regular

Manter o corpo ativo e ter o hábito de fazer atividades físicas, segundo os especialistas, é uma ótima alternativa para envelhecer com mais saúde. "Os exercícios são benéficos para todas as idades e, para os idosos, ajudam no controle do peso, controla a pressão arterial, a postura e equilíbrio, preservam os ossos e articulações, além de prevenir enfermidades e dores", explica. 

Práticas de pouco impacto são as mais indicadas para quem está acima dos 60 anos. Caminhadas, atividades na água, alongamento, dança e musculação são atividades que desenvolvem flexibilidade, equilíbrio e força muscular, e que são de fácil realização para não causar lesões.

Por Elaine Castro

Comentários

PUBLICIDADE ATEX TELECOM

PUBLICIDADE ATEX TELECOM

CÂMARA MUNICIPAL DE AÇAILÂNDIA

WIZARD BY PERSON - AÇAILÂNDIA